Chega de stress: entenda sobre a Transformação Digital que gera entrega contínua de valor

transformação digital

Por que projetos de software sempre atrasam? E por que é tão difícil prover software que realmente ajude na transformação digital das corporações?

A área de TI está cheia de piadas a esse respeito, você sabe. Porque ninguém trabalha só das 9h às 18h. Além disso, as coisas nunca estão 100% em dia.

Ou seja: quase todo projeto atrasa. E alguns dão ridiculamente errado.

Mas será que não existe um jeito melhor?

Existe. Você já se perguntou por que uma startup pode começar com dois caras numa garagem e transformar um mercado, enquanto uma grande corporação não consegue mudar o CMS da sua intranet?

O problema tem uma origem:

falta de visão

 

A falta de visão a respeito do que é valor em desenvolvimento de software.

Isso acarreta uma série de problemas. Por exemplo:

Agenda cheia e multitarefa: todo mundo está cuidando de vários projetos, com vários fornecedores. Assim, conciliar a agenda fica parecido com jogar Tetris, com novos compromissos e responsabilidades aparecendo o tempo todo.

As pessoas falam até com orgulho de sua agenda cheia, como se ocupado fosse sinônimo de produtivo.

A crise dos 90%: é também uma piada na área, quando alguém diz que um projeto está 90% pronto, a gente responde “então só falta metade.”

O fato é que a grande maioria dos projetos de software consome muito tempo e recursos em planejamento. Mas na execução, especialmente nas fases finais, as coisas andam muito pior do planejado.

Entregas não transformadoras: quanta gente você conhece que, após anos trabalhando com projetos de software, nunca entregou nada realmente transformador?

Me entenda bem, sei que é importante manter as coisas funcionando. E que não é fácil. Mas é para isso que você se levanta todo dia pela manhã? Para simplesmente manter as coisas funcionando?

Para entregar mais um projeto “mais ou menos”, mas que pelo menos não vai causar problemas?

A solução passa por entender o aspecto mais importante, e muitas vezes o mais esquecido, no projeto e desenvolvimento de software:

interação

 

O aspecto humano na transformação digital

Software existe para servir pessoas. Por isso, tecnologia deveria simplificar nossa vida, não nos tornar escravos dela.

Então estamos falando de um jeito de pensar, de uma atitude, não de um conjunto de métodos, processos e ferramentas para a transformação digital.

Porque, ao pensar no ser humano, tendo foco extremo no que entrega mais valor, você vai construir software que as pessoas conseguem usar. Mais que isso, que elas gostam de usar.

Mas esse é um aspecto muito negligenciado no desenvolvimento de software corporativo. Por isso não é incomum que mudanças incrementais tendo como foco o ser humano, somadas, representem um aumento de dez vezes nos resultados do projeto.

 

Quer exemplos?

Usabilidade. Construir software fácil e agradável de usar é uma atitude pequena que pode, sozinha, dobrar a produtividade de quem vai usar seu software.

Mas onde, nos cursos de gerenciamento de projetos, você aprendeu sobre esse aspecto do desenvolvimento de um produto de software? Um aspecto subjetivo da transformação digital, que exige todo um novo conjunto de ferramentas que você não encontra no PMBOK.

E usabilidade é só um dos aspectos que você deveria levar em conta.

Só mais um exemplo: emoções. É possível construir software que não é apenas fácil de usar, mas empolgante. Consequentemente, que as pessoas realmente queiram muito usar. Mas o caminho para isso passa por mudar seus processos de gerenciamento e desenvolvimento.

Além disso, você não vai conseguir construir produtos empolgantes se você mesmo e seu time não estiverem empolgados para fazê-lo, só para começar.

Outro aspecto que você não pode deixar de levar em conta é a coragem. Pois toda a disciplina de gestão de projetos tem a ver com gerenciar riscos, você sabe.

Minimizar riscos é uma coisa boa. Quase sempre.

Há algumas escolhas, porém, em que minimizar os riscos pode simplesmente impedir que você faça algo grandioso. E é difícil encontrar um bom equilíbrio.

Sem conhecimento, você vai escolher o caminho conservador. Me permita usar outra palavra: o caminho covarde.

Há jeitos bons e ruins de minimizar riscos. Entender isso vai permitir a você implementar coisas como a entrega contínua de valor e os ciclos ágeis de aprendizado.

Assim, você vai perceber que entregar software grandioso, do jeito certo, envolve menos risco que construir produtos covardes.

software

Uma Carreira Grandiosa

Por que todo projeto de software precisa ser tão estressante? E, especialmente, por que todo final de projeto faz você cogitar largar tudo e abrir uma pizzaria?

Aprenda a definir valor e a entregar valor continuamente e você vai dormir muito mais tranquilo com o risco diluído ao longo do tempo.

E por que todo final de projeto envolve estresse com fornecedores? É claro que o papel do gestor é conduzir negociações e cobrar compromissos. Mas a vida não pode ser só isso, o tempo todo, certo?

Aprenda modelos de gestão de software focados no ser humano e você vai viver com menos estresse, sem ter que fazer papel de chato com seus fornecedores o tempo todo.

E o que é mais legal: seu trabalho vai fazer diferença para a verdadeira transformação digital. Tendo um time energizado, apaixonado, com as ferramentas e a visão certa, vai ser difícil não ser notado. 

Portanto, entregue valor realmente transformador continuamente, e não apenas no final do projeto, e seu segundo ciclo de obtenção de CAPEX e será muito mais fácil, você vai ver.

 

webinário

Webinário: Entrega contínua de valor

Foi pensando nos empreendedores, gerentes em áreas administrativas ou marketing, que precisam lidar com projetos de desenvolvimento de sites, e-commerces e software, que preparamos o Webinário com o tema “Entrega contínua de valor”!

O Webinário tem 1h de duração e nele você vai aprender:

tópicos

 

Quando? Que horas?

Acontecerá dia 27 de Junho, das 16h às 17h!

Com quem?

elcio

Com o Elcio Ferreira! Ele é fundador da empresa Visie, que tem como missão desenvolver tecnologia para simplificar a vida.

Trabalha com desenvolvimento de software desde 1998 e é empreendedor desde 2001. Já desenvolveu e atuou como consultor em projetos de desenvolvimento web para bancos, governos, indústrias de linha branca, automotiva, eletrônicos, grandes varejistas, plataformas de e-commerce, marketplaces, meios de pagamento, empresas de telecom e start-ups.

 

Se você deseja participar deste webinário, preencha o formulário abaixo!

 

 

 




Deixe uma resposta

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *