PWA – Progressive Web Apps

Conheça essa novidade, que ainda não é tão popular, porém, é funcional e entrega uma ótima experiência ao usuário! Assista ao vídeo, leia o artigo abaixo e entenda como funcionam as PWA -Progressive Web Apps:

O que são PWA?

As PWA são um conjunto de técnicas para desenvolver aplicações web, adicionando progressivamente uma série de funcionalidades que antes só eram possíveis em apps nativos. Apps nativos são estes que usamos regularmente em nosso smartphone.

O conceito de PWA é começar com uma aba simples no Chrome e se tornar “progressivamente mais app”, ou seja, cada vez mais parecido com um aplicativo, à medida que o usuário interage com ele. Até chegar ao ponto onde basta você adicionar o Web App à sua página inicial e pronto: ele passa a adquirir funções que antes eram exclusivas de apps nativos: notificações, geolocalização, uso offline etc.

Todos os dias nós utilizamos diversos aplicativos: redes sociais, apps de mensagens, tocadores de música etc. E estes têm mostrado eficiência para atender às expectativas para este tipo de experiência móvel. Mas tem um problema: o primeiro passo. A primeira hora, em que é preciso baixar e esperar o download. Isso sem contar o fato de ter de atualizar constantemente o aplicativo!

São as árduas etapas iniciais para quem gosta de rapidez e eficiência:

  • Buscar o app
  • Instalar
  • Abrir
  • Cadastrar
  • Interagir

E é muito comum ter uma perda de 20% dos usuários para cada uma dessas etapas iniciais.

Ilustração: foto de dispositivo móvel exibindo ícones de aplicativos

Sites Mobile X Apps Nativos

No “mundo” dos sites mobile existe uma parte da experiência que ainda não atingiu um bom resultado. Os websites mobile continuam pesados, lentos e travam o navegador no meio do processo do usuário. E, comparados à rapidez de performance dos apps nativos, parece que eles “atrasam nossa vida” às vezes.

Diversas empresas como o Facebook, por exemplo, já começaram a preparar iniciativas para solucionar essa dificuldade de performance dos sites mobile. Mas isso não resolve o problema, apenas o contorna. Em vez de fazer com que o usuário precise abrir um site no app do navegador, ele é aberto no app original, de onde o usuário veio.

Mas, e se os sites mobile tivessem maior qualidade de performance do que um aplicativo nativo?

PWA: Vantagens Técnicas e Não Técnicas

Não técnicas:
O usuário não precisa se comprometer a baixar um app antes de saber se ele realmente vale a pena. Esse é um dos problemas dos apps nativos atualmente, e as PWA prometem acabar com esta barreira. Nada de precisar ir a uma app store e esperar o download, abri-lo, cadastrar-se e só depois começar a usá-lo.

Técnicas:
As características abaixo, criadas pelo Google, definem com precisão o que é esperado de uma PWA em termos técnicos:

Progressivo: para qualquer usuário, independentemente do browser.

Responsivo: feito para qualquer dispositivo: desktop, tablet e mobile.

Conexão: funciona mesmo se o usuário estiver offline.

App-like: o usuário se sente em um aplicativo nativo.

Atualizado: não é necessário baixar atualizações do aplicativo, o browser simplesmente irá detectar e atualizar automaticamente, caso necessário.

Seguro: somente com https.

Engajável: através de push notifications, o usuário pode ser constantemente engajado.

Instalável: é possível adicionar um ícone na tela principal do smartphone com apenas um clique. Ou seja, se antes somente os aplicativos nativos tinham push notifications, funcionamento offline, geolocalização e ícone na home, agora é possível desfrutar de todos esses benefícios usando uma aplicação 100% web.

QUERO SABER MAIS SOBRE PWA

Por Beatriz Paradela

Deixe uma resposta

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *