Os Novos iPhones e a Programação

 
A Apple anunciou no dia 12 de setembro os três aparelhos da nova geração de smartphones: iPhone 8, 8 Plus e iPhone X (conhecido como iPhone 10). O “X” foi desenvolvido em comemoração ao aniversário de dez anos da linha, que iniciou sua história em 2007.

A Apple é muito conhecida por ser uma empresa que dita tendências no mercado da tecnologia. Mas, desde 2014, a Maçã não lançava um iPhone com mudanças muito perceptíveis na aparência, então os modelos de 2017 chegam para acabar com essa abstinência.
 

 
Com seus designs que chamam a atenção para o presente avançado da tecnologia, o iPhone tem conquistado cada vez mais o amante do novo. Agora, o consumidor que já prezava pela beleza do aparelho, pode ser impressionado pelo dobro de modernidade e de rapidez também.

No iPhone X, com o fim do botão home, a tela sem bordas toma conta da visão deixando o usuário encantado com a alta resolução e as cores vivas. E, em vez do Touch ID (desbloquear pela digital), é vez do Face ID tomar conta. Apenas olhando para a tela do seu iPhone agora é possível desbloqueá-lo com seu reconhecimento facial. Essas e muitas outras são as novidades desses novos modelos da Apple.
 

O Futuro na Palma da Mão

 
Apesar do avanço gradual da tecnologia nestes últimos anos, em questão de lançamentos de sistemas operacionais de smartphones não havia mudanças muito significativas. Às vezes ocorria uma mudança no design e reparos “simples”, para prender o interesse do consumidor. Mas, fato é que: dentro da tecnologia ainda possível, “quase tudo” já foi feito.

Com certeza você já ouviu falar da resolução 4k, certo? Composta de 4000 pixels na horizontal e 2000 na vertical, é considerada resolução LIMITE para um televisor doméstico. Ou seja, sem um televisor que possui as especificações necessárias para projetar essa qualidade de imagem, nem sequer conseguimos enxergar o 4k como ele realmente é.

E o mesmo acontece com os smartphones: enquanto não é possível fazer muito mais na aprimoração dos designs, o foco da novidade está em outro lugar atualmente – no software. Já reparou em como as pessoas são impacientes hoje em dia, né? Pois então. O que mais o consumidor busca em um aparelho moderno é rapidez. Eficiência. Nada que o faça esperar.

Por isso, a forma ideal de entregar uma melhor experiência para o usuário é otimizar o código do sistema operacional para rodar mais rápido. Exemplo disso é o A11 Bionic, processador que a Apple lançou para os novos iPhones, e que, segundo a Apple, tem o processamento 70% mais rápido, além de ser poderoso para games e realidade aumentada.
 

 

Iphone e Programação

 
Grande parte da rapidez e eficiência que o iPhone oferece se dá pela programação. Combinado ao processador A11 Bionic, o código do sistema otimizado foi o que tornou possível construir um produto 70% mais rápido do que todos os outros já produzidos pela Apple.

A Visie gosta muito da palavra “otimização”. Otimizar significa melhorar, e ao melhorar o código automaticamente o sistema fica mais rápido e leve. Por isso que tudo relacionado ao mundo da tecnologia tem a ver com programação e, principalmente, com as melhores práticas ao programar.

Se você é um amante da tecnologia, conheça o Campus Online da Visie ! É uma plataforma onde disponibilizamos treinamentos sobre diversos assuntos de programação. Com essa plataforma você pode estudar online o assunto que desejar, tendo os cursos sempre disponíveis para quando quiser assistir novamente. É o “Netflix” do programador!

Saiba mais e aprenda a programar de verdade com quem manja do assunto!
 
QUERO CONHECER O CAMPUS ONLINE DA VISIE
 
 
Por Beatriz Paradela
 
 

Deixe uma resposta

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *