Encantamento

E-mail que um programador da Visie enviou a pouco a um cliente que tem um site em WordPress e precisava inserir HTML arbitrário no meio do post:

******, tudo bem?

Fiz um encantamento medieval pra você poder colocar o código que
quiser (!) no meio dos posts. Dá uma olhada:
http://…/

Se entrar no admin, você vai perceber que o ritual consiste de duas cerimônias:
– Criar com fé um “campo personalizado” chamado HTML1 (ou HTML2, ou
HTML3… até HTML9!!!) com o conteúdo que deve ser inserido no post;
– No meio do post, no lugar onde a manifestação deve se materializar,
invocar ousadamente o código: <!–HTML1–> (ou <!–HTML2–>,
enfim…).

Temei, mortais! O poder do campo personalizado nunca deve ser invocado
em vão. Os invisíveis espíritos zombeteiros do Condado do Site
Quebrado estão sempre à espreita… 😐

7 comentários sobre “Encantamento”

  1. Acho isso desrespeitoso com o cliente, mas com certeza chama a atenção. Se eu recebo uma resposta assim mudo de fornecedor, com certeza.

    O Problema com os profissionais da informática, dentre os quais incluo-me, é que tratamos nossos clientes como usuários, sou do tempo de um dizer na faculdade: “Todo usuário é burro!”, acho que só não se escancara isso hoje em dia, mas, pelo visto, ainda há quem trate seus clientes assim.

  2. Ano passado eu recebi uma proposta comercial com um smiley no meio de uma proposta comercial. A empresa é uma multinacional americana com capital aberto na bolsa de valores.

    Eu confesso que no instante que bati o olho no smiley eu estranhei. Mas logo eu entendi que a proposta como um todo era ser moderno e simpático.

    Agora, a mensagem do programador da visie é irônica e bem humorada. E por ser irônica eu imagino que o programador não considera o seu cliente burro, certo? Caso contrário o cliente não entenderia.

  3. Se o programador tem uma relação mais informal com o cliente, acredito que não tem mal nenhum. Às vezes (na maioria das vezes) um pouco de bom humor sempre quebra o gelo e até melhora o diálogo com o cliente.
    Lógico, sem confundir bom humor com aquele papinho “descolado” de certos publicitários que enche o saco

  4. hahaha. Gostei!

    Também acho que não dá para mandar um email desse para qualquer cliente, mas realmente é muito didático.

    Certamente o humor e o uso das metáforas farão com que o cliente nunca mais se esqueça o procedimento correto.

Deixe uma resposta

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *